Aqui estamos nós manas!

Captura de ecrã 2018-12-02, às 21.28.29.png

Por Isabel Gavião

Aqui estamos nós manas.

Entre o aroma e o sabor doce de um chá de caxinde;

Entre a nebulosa linha de um fumo de cigarro;

Entre gargalhadas sonoras e pujantes;

Entre canções que energizam os nossos corpos;

Entre conversas que aceleram os nossos corações,

E debates que provocam clics na nossa mente;

Aqui estamos nós manas.

A nos alimentarmos,

A nos fortalecermos,

A nos reconhecermos,

E a nos amarmos.

Aqui estamos nós manas.

Nesta Escola onde mangas caiem das árvores,

E quase atingem as nossas cabeças.

Falando nisso manas (e agora só um à parte),

Acho que se não tivesse sido o Newton a descobrir a teoria da gravidade, teríamos sido nós.

Aqui estamos nós manas.

Vindas de vários lugares,

As mesmas, mas com tantas diferenças;

Diferentes, mas com tantas semelhanças.

Aqui estamos nós manas.

Mulheres pensantes,

Mulheres que desmantelam o puzzle dos sistemas opressores,

Mulheres despadronizadas,

Mulheres controversas,

Mulheres que me ensinam o verdadeiro significado de palavras como RESPEITO.

A vocês manas, obrigada.

Porque percebi que um modelo de mulher não basta.

Porque agora existem, para mim, todos estes modelos. E muito mais!

Ondjango Feminista